Em vídeo institucional, Guias de Turismo de Petrópolis falam sobre o anseio de poder voltar a receber os turistas na Cidade Imperial

Uma das profissões do setor do turismo mais impactada pela pandemia que assola o país e o mundo, causada pela novo coronavírus, é o Guia de Turismo. Essa atividade econômica simplesmente deixou de existir porque o Guia de Turismo precisa do turista para desenvolver seu trabalho. Se o isolamento social tem como principal função evitar a circulação e aglomeração de pessoas, o Guia de Turismo não tem quem guiar.
De forma bem simbólica e na esperança de dias melhores, membros da Associação de Guias de Turismo de Petrópolis (AGP) divulgaram um vídeo institucional ressaltando que tudo isso vai passar e quando acabar, eles estarão esperando pelos turistas para explorar as belezas da Cidade Imperial.
Existente há 36 anos, a AGP possui hoje 22 associados. Segundo Ana Beatriz de Oliveira, Presidente da AGP, as principais funções do Guia de Turismo, além de passar as informações do lugar a ser visitado, também é um de auxiliar no trânsito do local, socorrer e saber onde acompanhar o turista em caso de emergência médica, oferecer as melhores opções de lazer, cultura, hospedagem, alimentação, etc, dentro do município visitado.
“Infelizmente, as expectativas são as piores possíveis porque quando o isolamento social acabar, as pessoas estarão voltando aos poucos para suas funções profissionais. Provavelmente estarão com dívidas e até que consigam sanar suas contas, ninguém estará viajando. Então seremos os últimos, nessa cadeia produtiva, a voltar a ter renda”, disse a presidente.
Mais informações sobre a AGP através do site: www.guiasdeturismodepetropolis.com ou pelo whatsapp: (24) 98842-3235.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.