Estado do Rio de Janeiro é o destino mais fértil e aprazível para o recomeço do turismo pós pandemia, afirma Otávio Leite

O Secretário Estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Otávio Leite confirmou a realização do Salão Estadual do Turismo, edição 2020. O anúncio foi feito no Fórum Comercial, realizado na última segunda-feira (27), por meio de uma videoconferência, que contou com representantes da hotelaria fluminense (diretores comerciais e gerentes gerais), além de autoridades.

Otavio compartilhou a expectativa de retomada das feiras de turismo a partir de setembro. O secretário afirmou ainda que realizará em maio uma campanha na internet com o objetivo de fomentar o turismo do interior do Estado.

Conforme já divulgado pelo Rotas RJ, as ações prioritárias para atrair visitantes serão o turismo regional (cidades de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo, num raio de 600 km dos destinos fluminenses) e o turismo circular (moradores das cidades do estado do Rio).

Outra ação que está em produção pela Setur/RJ é o lançamento, em breve, de um novo portal do turismo que irá promover eventos, destinos e experiências, contemplando todos os municípios do Estado. A ideia é que seja produzido, também, um banco de imagens com fotos e vídeos dos destinos a ser veiculado neste novo site. Há a intenção, ainda, de criar um concurso de fotografias que irá gerar um acervo virtual para a promoção das cidades.

“Faremos um amplo trabalho de marketing nas mídias digitais sobre o nosso novo portal, que terá um belo banco de imagens do RJ e o serviço completo de todos os nossos destinos. No Salão de Turismo, vamos investir forte nos eventos gastronômicos do Estado” disse o secretário.

Otávio Leite ressaltou ainda que o Salão de Turismo será um grande ingrediente turístico para fortalecer o setor no pós-crise. “O governo do Estado do Rio já desenha um plano de retomada do setor, assim que passar o período de isolamento devido ao Covid19. Vamos fazer um trabalho com os escritórios de turismo de todo o Estado do Rio e a rede hoteleira. Vamos montar essa estratégia juntos. Vamos criar pacotes a preços competitivos. A ideia é que o brasileiro use o carro para viajar. Essa é a primeira inciativa para reaquecer um setor tão importante para a economia.

Outros assuntos importantes foram debatidos durante essa videoconferência, entre eles: a utilização de espaços e centros de convenções em cidades do interior para a recepção de feiras e congressos; parcerias de divulgação em meios digitais; identificação de eventos incentivados (via Lei Rouanet no estado do Rio de Janeiro); fortalecimento do artesanato nos municípios fluminenses e desenvolvimento de segmentos nas regiões foram alguns dos temas debatidos.

“O melhor atrativo do Estado do Rio de Janeiro é ele próprio. Nós temos produtos turísticos para dar e vender. Portanto, uma vez desanuviada essa situação toda de dificuldades, de reclusão geral, as pessoas quererão ir para algum canto. Ora, que lugar mais aprazível se não o Rio de Janeiro? Na montanha, no mar, nas cachoeiras, na cultura, no lazer, na gastronomia, e por aí vai. Pode estar certo que o Rio de Janeiro é o destino mais fértil para o recomeço pós pandemia”, concluiu o Otávio Leite.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.