Eventos como Fórum do Café e Expocafé são aguardados com expectativa por moradores e turistas em Vassouras

Que o café agrada muitos não há o que questionar, mas em Vassouras além de ser apreciado ele também aquece o turismo e promove a divulgação da história do grão mais famoso do mundo. A cidade que durante a pandemia vem se destacando por conta dos investimentos que estão sendo realizados para potencializar o turismo, irá sediar eventos como fórum e festivais de grande relevância para a economia e turismo da região no Centro de Convenções General Sombra, inaugurado em 2019. “O Centro de Convenções, que pertence a Universidade de Vassouras, tem uma capacidade de aproximadamente quatro mil pessoas sentadas, e é uma referência no estado do Rio de Janeiro até mesmo a nível de país”, informa Wanderson Farias, secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Vassouras.

O Fórum do Café e a Expocafé são importantes não só para a cidade de Vassouras como também para a região do Vale do Café. Wanderson vislumbra os eventos como uma forma de alavancar oportunidades. “Considerando o trabalho que estamos realizando de reposicionamento do café e estímulo para produção em Vassouras, acredito que estes eventos serão de grande relevância para atração de turistas que gostam dessa bebida e também para empresários. Como o café é muito popular, e há um inquestionável crescimento do consumo de cafés gourmet nos últimos anos, acredito que conquistaremos os visitantes interessados em café e que vão se encantar com as nossas belezas naturais e históricas.”

Um grande encontro que será debatido assuntos em torno do café que visa abranger a economia, turismo e cultura da região está prestes a acontecer na cidade. “Nós vamos organizar em julho o Fórum do Café, do Vale do Café. Esse fórum estava previsto para acontecer antes da segunda onda da pandemia, no prédio da Câmara Municipal de Vassouras, com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, secretário de Turismo, secretário de Agricultura, EMATER, SEBRAE, FECOMERCIO, inclusive a ASCARJ que representa o café aqui no Estado do Rio de Janeiro”, informa.

De acordo com o secretário, o fórum será importante não só para fomentar a produção de café de Vassouras, mas também para unir ao turismo, como um produto do turismo. “O turista vem no Vale do Café, ele vem a Vassouras, ele quer levar o café, quer conhecer uma experiência de ver o plantio de café, o cafezal e também comprar o café”, acrescenta.

Já a Expocafé, será um evento que vai trazer novidades como joias e cosméticos à base de café, doces, velas, drinks como caipirinha com borra de café. A exposição está sendo aguardada com ansiedade por produtores do grão, vendedores, donos de cafeteria e empresários da região, que neste dia poderão divulgar os seus produtos para clientes e turistas. Em decorrência da pandemia, a data prevista para o evento ainda não está definida. “Estamos aguardando a principio uma possibilidade para acontecer em outubro, quando normalizar a pandemia”, acrescenta o secretário.

Paralelo aos eventos que irão ocorrer na cidade, propiciando maior desenvolvimento para a cidade de Vassouras existe o Programa de Capacitação da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro. “O Procap fomenta o turismo de uma forma geral direta e organizada e com certeza vai impulsionar a Expocafé e todos os eventos posteriores”, comemora.

Wanderson Farias informa que a cidade de Vassouras está preparada para receber turistas de forma segura, obedecendo aos protocolos de segurança contra a Covid-19. “Vassouras já é uma referência em termos de protocolos contra a propagação da Covid-19. Estes protocolos rígidos serão mantidos, e como a pandemia é dinâmica, estamos atentos para ajustes que sejam necessários para privilegiar a segurança dos moradores e dos visitantes”.

Entrevista do secretário de Indústria, Comércio e Turismo de Vassouras, Wanderson Farias, concedida ao Rotas RJ:

– Rotas RJ: Com previsão para outubro deste ano, a ExpoCafé irá fomentar a economia e o turismo. Quais serão as principais atrações da exposição? 

– Wanderson Farias: A abertura do evento será com o Coffee Business, exclusivo para convidados, empresários, políticos e parceiros estratégicos. A ExpoCafé vai reunir expositores de todas as fases (produtores do grão, torrefações, vendedores de equipamentos e também cafeterias) e terá novidades, como joias e cosméticos à base de café; doces gourmet a partir do grão; velas e pinturas produzidas com a borra; e drinks conhecidos do público, como caipirinha, em releituras com café.  Também haverá oficinas e palestras temáticas ministradas por especialistas; circuito gastronômico, com restaurantes e cafeterias da região, promovendo os negócios e a gastronomia local; atividades infantis e experiências virtuais; e shows com artistas renomados, em parceria com a Prefeitura de Vassouras.

– Rotas RJ: O turismo para o Vale do Café além de estimular a economia também movimenta os hotéis da região. Os hotéis e pousadas da região impulsionam e divulgam a história do café para os visitantes? Como isso é feito?

– Wanderson Farias: Estamos estimulando cada vez mais o resgate da história e a valorização do café como identidade regional. Temos a primeira escola de café do estado (Vassouras Café Escola), que está incluída em um nos nossos mais recentes e especiais projetos, o Caminhos do Café, roteiro que oferece uma experiência especial com o café. Folders de divulgação distribuídos pelos hotéis e pousadas representam uma das formas de incentivar projetos como esse, assim como a visitação às fazendas históricas, em especial a São Luiz da Boa Sorte, que possui o Museu do Café.

– Rotas RJ: Qual a sua expectativa com o evento da Expo para o turismo de Vassouras? 

– Wanderson Farias: Considerando o trabalho que estamos realizando de reposicionamento do café e estímulo para produção em Vassouras, acredito que a ExpoCafé será de grande relevância para atração de turistas que gostam dessa bebida. Como o café é muito popular, e há um inquestionável crescimento do consumo de cafés gourmet nos últimos anos, acredito que conquistaremos visitantes interessados em café e que vão se encantar com as nossas belezas naturais e históricas. Ou seja, por meio do amplo interesse por café, poderemos mostrar que Vassouras tem muitos atrativos turísticos especiais e capacidade de hospedar com qualidade e acolhimento. 

– Rotas RJ: Com a abertura do Programa de Capacitação (ProCap) da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do estado do Rio de Janeiro, Vassouras terá a sua própria edição prevista para julho ou agosto deste ano. Qual a função direta do ProCap para o turismo? O programa irá impulsionar o ExpoCafé?

– Wanderson Farias: O ProCap fomenta o turismo de uma forma geral, direta e organizada, criando um ambiente socioeconômico positivo, ativando a economia local e gerando novos empregos. É um programa que contempla visitas técnicas dos operadores e agentes de viagens a todos os atrativos turísticos, com avaliação dos aparelhos turísticos que permite um direcionamento para possíveis melhorias, caso necessárias. Com certeza o ProCap vai impulsionar o ExpoCafé e todos os eventos posteriores, porque ele cria uma estrutura forte, as melhorias ficam e o atendimento aos turistas melhora significativamente.

– Rotas RJ: Com a primeira edição da ExpoCafé em meio a pandemia, quais serão as medidas adotadas para que ela ocorra de forma segura para os visitantes?

– Wanderson Farias: Vassouras já é uma referência em termos de protocolos contra a propagação da Covid-19. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo foi eleita a melhor do estado pelo Prêmio CIETH especialmente pela criação do selo Turismo Consciente e a adesão pioneira aos selos nacionais e internacionais. Estes protocolos rígidos serão mantidos, e como a pandemia é dinâmica, estamos atentos para ajustes que sejam necessários para privilegiar a segurança dos moradores e dos visitantes. Recentemente, fomos novamente reconhecidos, dessa vez pelo Prêmio Yedda Maria Teixeira, pela nossa promoção responsável do turismo neste período pandêmico. Temos um compromisso absoluto com a segurança.

-Rotas RJ: Há também o Festival de Cinema de Vassouras. Como fomentar o turismo tendo a arte visual como foco?


– Wanderson Farias: Um Festival de Cinema é uma cadeia produtiva, que tem seus desdobramentos econômicos e sociais, gerando um grande desembolso local, além da criação de empregos. Por meio do festival, podemos realizar a promoção de Vassouras como um destino turístico sempre renovado, a integração da comunidade e o intercâmbio cultural. A realização de um festival de cinema como esse é uma ferramenta fantástica para que a cidade possa apresentar o que tem de melhor, além de promover o aumento do consumo de serviços locais e da taxa de ocupação na rede hoteleira. A passagem dos artistas pelo tapete vermelho também atrai ainda mais os veículos de imprensa de todo país, promovendo positivamente o nome da cidade, gerando visibilidade e despertando o interesse de quem não tinha como opção uma viagem para a região.

1 comentário em “Eventos como Fórum do Café e Expocafé são aguardados com expectativa por moradores e turistas em Vassouras

  1. Vassouras permanecerá eternamente uma histórica, a conservação de suas construções e fazendas, tornam-se verdadeiras relíquias para contar o seu passado, presente e futuro.
    Viva Vassouras!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.