Fundado há dois anos, Vale do Café Convention & Visitors Bureau segue promovendo o turismo da Região

Há dois anos, a região Vale do Café conta com um escritório de promoção e negócios em turismo, divulgando o trade local e fomentando o setor de forma profissional, organizada, integrada e entusiástica.
Trata-se do Vale do Café Convention & Visitors Bureau, composto por seis municípios: Vassouras, Mendes, Engenheiro Paulo Frontin, Miguel Pereira, Paty do Alferes e Valença.
No estado do Rio de Janeiro, existem 21 CVBx, sendo dois com características regional, o Vale do Café e a Região de Visconde de Mauá. Todos foram fundados sobre a chancela da Federação de CVBx do Estado do Rio de Janeiro, presidida por Marco Navega.
O Vale do Café CVB foi criado em 2010, por cidadãos e empreendedores das seis cidades.
Os patronos do Vale do Café CVB são: Cristina Braga, fundadora do Uaná-Etê, Ronaldo Cezar Coelho, do Instituto Vassouras Cultural e Marco Capute da Universidade de Vassouras. 
A entidade conta com mais de 100 associados, que mantêm vivas as ações efetivas do escritório, por meio de uma colaboração mensal simbólica.
“Nossas ações precisam de maior apoio para atingirem o seu potencial de impacto”, disse a diretora executiva do Convention Luciana De Lamare, ressaltando que o Turismo na região é muito diversificado. “Nós posicionamos como destino sustentável, como foco em patrimônio natural e cultural”, frisou.
Entre os eixos de atuação do Vale do Café CVB estão: a ativação de Centros históricos (onde se insere a Árvore da Vida), Comunidade Slow Food Sabores do Vale, Promoção Turistica, Capacitação, Captação de eventos e valorização de vocações econômicas.
Luciana conta que está saindo do forno o Projeto Árvore da Vida, ação realizada em parceria com o poder público, associações, cidadãos e empresas privadas, para embelezamento de centros urbanos.
“Identificamos a necessidade de ativação de centros urbanos como estímulo ao turismo de compras e consumo em
comércios e restaurantes locais”, destacou.
Uma “árvore ” em embrechado de louças de grande impacto visual será criada em muro no centro da cidade de Mendes (passagem obrigatória
pela RJ-127 ).
A ideia é destacar o muro, onde, há 16 anos, os domingos
são embalados a Chorinho.
A Árvore da Vida será uma atração turística, artística e com forte
identidade cultural e visual visando atrair também registros fotográficos. Estes registros gerarão divulgação
espontânea e multiplicadora da cidade e do Vale do Café.
O trabalho é realizado coletivamente, com doações de mais de 1000 peças de louças pela comunidade, que refletem o encontro de famílias e
amigos em torno do café.
A inauguração está prevista para 21 de setembro, o Dia da Árvore.

O Subsecretário de Cultura de Vassouras, José Luiz era subsecretário de Turismo à época da criação do escritório, colaborou para a fundação do CVB e hoje comemora a atuação da instituição.

“Tive a honra de colaborar com a construção do convention e sempre fui um entusiasta de sua atuação desde o princípio. Em dois anos ele já mostrou sua importância estratégica no desenvolvimento do turismo no Vale do Café. Era um olhar e um foco que há muito tempo estávamos precisando. O convention fortaleceu a integração entre os diversos agentes do turismo dos municípios da região, ampliou e qualificou a promoção do Vale do Café como um destino turístico nos projetando internacionalmente e injetou uma dose importante de auto-estima ao Vale do Café. São muitos os motivos para comemorar”, concluiu.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.